sábado, março 18, 2006

Restauro





Telas do artista Monteiro França (1876-1944) são raras hoje em dia, dificilmente são encontradas, leiloadas ou vendidas. Alguns anos atrás uma elas foi encontrada e apresentava-se muito suja e necessitando de limpeza e restauro. Esta tela, sem data, tem sob a assinatura o local onde foi pintada: Paris, um bosque nos arredores da cidade, possivelmente no ano de 1912, quando o pintor recebeu uma bolsa do Pensionato Artístico do Governo do Estado.
Monteiro França pintava paisagens no local, como cita Tarasantchi,R. "muitos pintores eram atraídos pela escola de Barbizon,... alguns iam pintar nos bosques de Fontainebleau." Este artista tinha trazido consigo a experiência do convívio com os expressionistas italianos e uma experiência do período parisiense. Possuidor de muita técnica, preocupado com a perspectiva, o desenho não desprendia do fundo.
Contudo a tela apresentava-se baça, com manchas de fungos decorrente da umidade, desgaste na camada pictórica e um tom escuro decorrente do verniz oxidado e acúmulo de poeira na superfície. Existem laboratórios e técnicos que trabalham unicamente om restauro de obras de arte, um ofício difícil, laborioso pois é necessário que o profissional reuna desde conhecimentos de história da arte até química e muita paciência e experiência. Praticamente todas as telas passam por um restauro de cada 50 anos. Anexo algumas imagens deste procedimento.